Fisioterapeuta Quiropraxista: Entenda como esse profissional trabalha

0
A quiropraxia é uma especialização da fisioterapia baseada no curso oferecido pela Palmer School of Chiropractic.
A escola de Palmer, pai da quiropraxia, possui 4 anos de formação. Ou seja, a quiropraxia é uma graduação que se dedica à prevenção, ao diagnóstico e ao tratamento das alterações de má posição articular, que interferem na função dos músculos e nervos.
Mas também é uma especialidade do fisioterapeuta.
fisioterapeuta quiropraxista
quiropraxia como especialidade do fisioterapeuta é regulamentada pelo COFFITO através da RESOLUÇÃO N°. 399/2011.
Então sim, o fisioterapeuta pode fazer quiropraxia, este curso funciona como pós graduação no Brasil ou como aprimoramento de 100 horas.

COFFITO Defende a especialidade de quiropraxia

O COFFITO - Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, brigou pela especialização de quiropraxia para fisioterapeuta em 2018, por causa do projeto de Lei 114/15 da Comissão de Educação.

Nesse projeto alguns quiropraxistas graduados entendem que a quiropraxia deve ser uma profissão livre e não pode ser vinculada com outra profissão (fisioterapia).

Ou seja, queriam tirar a pós graduação de quiropraxia no Brasil.

Por outro lado, os fisioterapeutas têm a capacidade e conhecimentos avançados em anatomia, fisiologia e biomecânica humana. C
Conhecimentos que outros profissionais da área da saúde não possuem. E foi isso que o COFFITO argumentou.

Fisioterapeuta pode ser quiropraxista?

Sim, os fisioterapeutas venceram a disputa. Porém, existe uma rincha entre alguns quiropraxistas e fisioterapeutas, principalmente por parte da ABQ - Associação Brasileira de Quiropraxista, os representantes dessa intuição reprovam a especialidade de fisioterapia quiroprática no Brasil.

O que é quiropraxia?

Em 1897 a quiropraxia foi fundada a Palmer School of Chiropractic, a primeira escola de Quiropraxia no mundo, atualmente é uma faculdade conhecida pelo nome Palmer Chiropractic College, estabelecida em Davenport, Iowa nos Estados Unidos da América.
O termo vem do grego: Quiro (mãos) e Praxis (praticar), a tradução é: feito com as mãos.
Em geral, a primeira coisa associada à sessão de quiropraxia são os estalos ou famosa frase preciso colocar a coluna no lugar. Para isso, o profissional vincula exercícios focados e técnicas para ajustes articulares. O estalo é uma consequência.

O que é o estalo da quiropraxia?

O estalo da quiropraxia é o barulho que acontece em técnicas que geram movimentados rápidos.
O barulho é uma reação normal do sistema e acontece porque os líquidos que lubrificam as articulações (liquido sinovial), possui gases como: nitrogênio, oxigênio e gás carbônico.
Todos os gases formaram bolhas que serão rompidas quando o fisioterapeuta quiropraxista movimenta a articulação.
fisioterapeuta especializado em quiropraxia
Por isso é comum ouvir o barulho nos ajustes da quiropraxia. Na verdade o barulho são as bolhas de gases estourando.

Como é uma sessão de quiro?

Primeiro existe uma conversa com o paciente para elaborar o histórico, quais as queixas principais e também para conhecer os hábitos do paciente.
Os quiropraxistas possuem todos os aparatos técnicos para realizar um tratamento de sucesso. A avaliação é só o primeiro passo, assim como na fisioterapia.
O intuito é tanto prevenir quanto tratar os problemas e queixas. Garantindo qualidade de vida ao paciente. Por isso mesmo não há restrições de idade para que o método seja aplicado, lembrando é claro, que o tratamento é feito de acordo com o diagnóstico e as limitações impostas pelo corpo do paciente.
Não da para pedir por exemplo, uma manipulação da região cervical de um paciente de 90 anos, sem um exame de densitometria óssea (detectar osteoporose).

O que a quiro trata?

A quiropraxia é capaz de resolver problemas como: dores na coluna, hérnia de disco, dores no pescoço, torcicolo, dentre outras. Como também problemas emocionais.
O mecanismo para melhorar os aspectos emocionais e promover o relaxamento do corpo: consiste no ajuste articular, que auxilia a amenizar dores, assim o paciente se sente mais leve. E a quiro age de modo direto no sistema muscular.
curso de pos graduação em quiropraxia
Porém, muitas vezes, os pacientes recorrem à terapia para tratar problemas específicos, como dores na coluna, mas apresentam melhorias na qualidade de vida e bem-estar.
Assim, após uma avaliação, é possível que a origem do problema seja descoberta junto a quiropraxia.
As vezes, o paciente necessita só de um acompanhamento específico para melhorar o quadro clínico.

Quais as contra indicações?

· Osteoporose
· Trombose
· Artérias calcificadas
· Câncer ósseo
· Espondilite em grau severo
· Complicação na artéria vertebral
Por fim, esperamos que você tenha entendido o que o fisioterapeuta quiroprático faz.
Aprenda mais explorando em nosso Blog, existem outras matérias e artigos gratuitos.

Leave A Reply

Your email address will not be published.